Trabalhar como babá: 7 dicas para o sucesso em uma entrevista de emprego

Toda profissional que deseja trabalhar como babá mais cedo ou mais tarde vai passar por esse momento importante: a entrevista de emprego. Em resumo, a entrevista é um encontro que costuma durar em média uma hora, quando a candidata precisará passar a melhor impressão possível e destacar sua experiência no cuidado com as crianças. A ideia é mostrar que faz bem o seu trabalho e merece ser contratada para trabalhar como babá.



Todo site de babá traz uma lista de sugestões para a candidata alcançar o sucesso. Então, para facilitar a sua vida, fizemos uma pesquisa em dezenas deles, conversamos com famílias que contratam babás e usamos nossa própria experiência em recrutamento e seleção para criar uma lista especial de ideias para você fazer uma excelente entrevista. Confira: 1 – Desligue o telefone celular: pode parecer detalhe, mas não é. Um dos maiores pecados é o telefone celular tocar durante a conversa. Isso pode dar a impressão de que você não teve o cuidado de desligar o aparelho, nem dá a devida importância ao compromisso. Se acontecer, peça desculpas, desligue o telefone e continue a entrevista. O ideal é desligar antes de a conversa começar, de preferência antes até de chegar ao local marcado para o encontro. Celular desligado é sinônimo de foco total.


2 – Chegue com antecedência: em uma entrevista para trabalhar como babá, programa-se para chegar com pelo menos 10 minutos de antecedência. Atrasos podem dar a entender que você não cumprirá os horários no dia a dia, após ser contratada. Evite também chegar com antecedência demais, pois é possível que não dê para você ser entrevistada muito antes da hora combinada. Por outro lado, caso tenha algum imprevisto que a impeça de comparecer, ligue e avise. A falta de informações pode fechar as portas futuramente.

3 – Leve na bolsa as cópias dos seus documentos: RG, CPF, comprovante de residência, antecedente criminal atualizado, diploma de algum curso que tenha feito e a carteira de trabalho, esta última preferencialmente original. Se for necessário, o entrevistador ou entrevistadora já terá a chance de consultá-los e isso agiliza a sua contratação. É importante que tudo esteja organizado em uma pasta, não os deixe amassados ou jogados na bolsa.

4 – Tenha os contatos dos ex-patrões: tenha sempre em mãos os contatos das famílias a quem ofereceu seus serviços de babá. Eles podem ser importantes para caso o entrevistador ou a entrevistadora desejem ligar com objetivo de tirar referências sobre seu trabalho.

5 – Cuide da sua apresentação: a forma como você se apresenta conta pontos, pois pode passar a impressão de uma pessoa cuidadosa. Cabelo lavado e preso é importante. Tenha as unhas feitas e cortadas, use roupa adequada – não vá com modelos justos, curtos ou transparentes, nem decotes. Evite perfumes ou desodorantes com cheiro forte, sem exagerar na maquiagem. Em tempos de pandemia, outro ponto importante: antes de entrar na casa, pergunte se é necessário retirar os sapatos e passe álcool gel nas mãos.

6 – Dê atenção à criança: se a criança estiver no local da entrevista, procure não ignorar a presença dela. Interaja, dê atenção, inicie uma conversa, por exemplo, perguntando do que gosta de brincar, seus personagens e desenhos preferidos. Além de mostrar interesse, é uma chance de mostrar aos pais que você tem jeito para lidar com os pequenos. Em tempos de pandemia, lembre-se de passar álcool gel nas mãos antes de interagir com as crianças.

7 – Fale sobre sua real disponibilidade: para trabalhar como babá, não adianta você dizer por exemplo que tem as segundas-feiras livres se nesse dia um compromisso vai fazer com que chegue sempre atrasada. É importante que na entrevista todas as condições sejam explicadas de forma clara, para que a proposta atenda a ambas as partes. O importante é que tudo fique bem combinado para que após a contratação todos fiquem satisfeitos. Lembre-se: se não deu certo desta vez, na próxima tem tudo para você acertar.

  • Siga o Coletivo Crescer no