Como ajudar pais e mães que estão trabalhando em casa?


Com o relaxamento das regras de quarentena em diversas regiões do país, as vagas de babá voltaram a ser anunciadas com mais frequência. Assim como em todas as profissões, o dia a dia do emprego de babá passou por uma série de mudanças com a pandemia. Uma das principais é a maior convivência dessa profissional com os pais e as mães das crianças. Agora é comum que pais e mães, em vez de irem para a empresa, façam suas tarefas do escritório à distância, sem sair de casa.



Esse é o tão falado “home office”, que em inglês quer dizer algo como “escritório doméstico”. Nessa modalidade, as empresas permitem que um funcionário realize o trabalho de duas formas:


  1. Em seu próprio lar, com o uso constante do telefone e do computador.

  2. Alternando os ambientes: alguns dias no escritório e outros em casa.


E qual a relação desse modelo de trabalho com a forma de trabalho da babá?


Seja qual for a modalidade que pais e mães seguem, as vagas de babá continuam sendo solicitadas. Isso porque, mesmo em casa, muitos casais nesse período sequer contam com o apoio de tios ou avós. E para buscar uma solução, eles se sentem dispostos a contratar uma babá que dê suporte no cuidado com as crianças.



Nesse novo cenário de trabalho em casa, pais e mães ganharam um novo desafio. Eles têm que atender o chefe via computador, fazer reuniões com os clientes à distância e entregar os trabalhos no prazo como se estivessem presentes no escritório. Ainda que acomodados no sofá ou na mesa de jantar, precisam manter o foco e a concentração. Tudo isso ao lado das crianças, que pedem atenção o tempo inteiro, seja para brincar, tomar banho ou se alimentar. Então, a contratação dos serviços de babá pode fazer a diferença – e mais ainda no caso de crianças menores, que demandam assistência mais intensiva.



Quer saber como seu trabalho pode se destacar?


Se você faz parte do grupo de profissionais que foi aprovada para uma vaga de babá nesse período ou manteve o emprego de babá durante os difíceis tempos da pandemia, fique atenta a algumas dicas:


1 – Interrupções: existe uma tendência natural de a criança pedir à babá para falar com o pai e a mãe, enquanto eles trabalham, o que pode interromper uma tarefa importante. A princípio, o ideal é conversar com a criança para ela entender que precisa esperar os pais se mostrarem disponíveis para falar, a menos que seja uma urgência. Se os pequenos insistirem muito, outra ideia é conversar com seus patrões para entender em que medida eles podem ser interrompidos pelos filhos.


2 – Hora do almoço: se essa iniciativa não partir da família e você tiver abertura, pode sugerir de os pais e mães almoçarem com as crianças, aproveitando o momento para que todos passem uma hora agradável no meio do dia, o que nem sempre é possível no dia a dia normal, quando é preciso trabalhar no escritório.


3 – TV, videogame e telefone celular: como na época de quarentena as crianças passam muito tempo em casa, elas encontram nos aparelhos eletrônicos uma diversão garantida. Claro que os aparelhos são uma ajuda incrível para manter a turma em silêncio e concentrada. No entanto, fique atenta para evitar abusos. É essencial usar os eletrônicos com extremo equilíbrio, dentro do período indicado para cada faixa etária. Lembre-se ainda de que outras atividades são importantes para o desenvolvimento infantil.


4 – Jogos e brincadeiras: a quarentena é uma excelente oportunidade de recordar as brincadeiras que não precisam de uma tela luminosa para acontecer. Pode envolver música, pintura, dobraduras, desenho, reciclagem e colagem de materiais, charadas, jogos de tabuleiro. Use sua criatividade. Sair da rotina também é uma forma excelente de distrair as crianças. As profissionais que possuem um repertório variado de jogos e brincadeiras se destacam na hora de conquistar uma vaga de babá. 5 – Leitura e arte: o período é uma excelente oportunidade para tirar a poeira da biblioteca e escolher livros legais para ler em conjunto com as crianças. Afinal, leitura não é algo para ser feito apenas antes de dormir. Ao terminar a leitura, você ainda pode propor que a criança faça desenhos e colagens relacionados à história que acabou de escutar. A brincadeira pode render muito. 6 – Aulas online: o professor ou a professora costumam passar lições de casa para os alunos. Se você se sentir à vontade, ajude as crianças nas tarefas de casa. No emprego de babá, essa também é uma forma de ajudar os pais, que poderão se dedicar com mais tranquilidade ao home office. 7 – Hora de ligar para o vovô e a vovó: muitos vovôs e vovós não conseguem visitar os netos, porque estão no grupo de risco do Coronavírus. Uma opção é escolher um horário para fazer uma chamada de vídeo e manter o contato. Ajuda a matar as saudades e é diversão na certa para a família inteira.